22 de novembro de 2014

JORDÃO: Judiciário garante acesso dos cidadãos à justiça no município

O Tribunal de Justiça do Acre busca promover a prestação jurisdicional de qualidade em todas as comarcas do Estado.

Mesmo as comunidades mais isoladas, onde ainda não há uma Comarca instalada, têm acesso aos serviços judiciários através da realização de séries de atendimentos jurídicos e mutirões de audiências por magistrados e equipes de servidores designados especificamente para essa função.

Muitas vezes a distribuição da Justiça percorre caminhos de difícil acesso até algumas das comunidades mais isoladas, como seringais, vilas ribeirinhas e até mesmo aldeias indígenas.

Exemplo disso foi a realização de uma série de atividades jurisdicionais e atendimentos jurídicos aos cidadãos do município de Jordão, localizado a cerca de 700 quilômetros da Capital, que ainda não conta com uma Comarca instalada. O acesso à comunidade é considerado um dos mais difíceis do estado, somente possível através de barco ou avião.

A ação foi conduzida pelo juiz de Direito substituto Guilherme Fraga, que atualmente responde pela 4ª Vara Criminal da Comarca de Rio Branco, e contou com a participação dos servidores Jair dos Santos e Lidiane de Oliveira.

Ao todo, foram realizadas 13 audiências, sendo cinco de natureza cível e oito de natureza criminal. Todas as audiências cíveis resultaram em conciliação entre as partes, com homologação por sentença. Já as audiências criminais foram solucionadas através de transações penais, também homologadas por sentença.

Foram realizadas ainda duas prisões em flagrante, ambas convertidas em prisões preventivas, sendo que as denúncias apresentadas pelo Ministério Público do Estado do Acre (MPAC) foram prontamente recebidas.

As prisões dos flagranteados - uma por estupro de vulnerável e a outra por delito de violência doméstica -, repercutiram no município, considerado um dos mais isolados do estado, face à vulnerabilidade das vítimas, uma delas uma adolescente portadora de necessidades especiais.

Além dos trabalhos jurisdicionais, o juiz substituto Guilherme Fraga também esteve reunido com representantes do Conselho Tutelar com o objetivo de fornecer orientações úteis para as ações desenvolvidas pela instituição naquele município, em especial, quanto à permanência de menores nas ruas e espaços públicos durante o horário noturno. O magistrado realizou, ainda, durante a ação, uma série de atendimentos ao público.

O magistrado realizou também uma visita à aldeia indígena Lago Lindo, que fica a uma hora de barco da sede do município de Jordão, onde conversou com os moradores e ouviu “os anseios e necessidades vividas pela população” silvícola.

Para Guilherme Fraga, o balanço da atividade foi “positivo”, uma vez que permitiu levar à população do município, que ainda não dispõe de uma Comarca instalada, “um maior senso de Justiça”.

“É um município isolado, com casos de violência doméstica, casos de estupro, dificuldades do Conselho Tutelar em trabalhar com menores nas ruas, fazendo uso de bebida alcoólica; então, o juiz presente leva à sociedade um sentimento de Justiça, o que é necessário”, destacou.


AGÊNCIA TJAC
GERÊNCIA DE COMUNICAÇÃO - GECOM

Uma em cada três mulheres é vítima de violência, mostra OMS


Uma em cada três mulheres é vítima de violência doméstica em todo o mundo, indica uma série de estudos divulgados nesta sexta-feira (21) pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Entre 100 milhões e 140 milhões de mulheres são vítimas de mutilação genital e cerca de 70 milhões se casam antes dos 18 anos, frequentemente contra a sua vontade.

Os dados indicam que 7% das mulheres correm o risco de sofrer violência em algum momento das suas vidas.

A violência, exacerbada durante conflitos e crises humanitárias, tem consequências dramáticas para a saúde física e mental das vítimas.

“Nenhuma varinha de condão vai eliminar a violência contras as mulheres. Mas a prática revela que é possível realizar mudanças nas atitudes e nos comportamentos, que podem ser conseguidos em menos de uma geração”, afirmou Charlotte Watts, professora na Escola de Higiene e Medicina Tropical em Londres e coautora dos documentos.

Os investigadores apuraram que mesmo nos casos em que existe legislação forte e avançada de defesa das mulheres, muitas continuam a ser vítimas de discriminação, violência e falta de acesso adequado a serviços jurídicos e de saúde.

Os autores sustentaram que a violência contra as mulheres só vai retroceder se os governos colocarem mais recursos na luta e reconhecerem que ela prejudica o crescimento econômico.

O documento também sustenta que os líderes mundiais deverem mudar legislações e instituições discriminatórias que encorajam a desigualdade e preparam o terreno para mais violência.

http://agenciabrasil.ebc.com.br/

Deputado Ney Amorim entrega donativos em Tarauacá


O primeiro-secretário da Mesa Diretora da Assembléia Legislativa do Acre (Aleac), deputado Ney Amorim (PT), entregou para o prefeito Rodrigo Damasceno, acompanhado do secretário de promoção social, Antônio Araújo 200 cestas básicas para ajudar as famílias desabrigadas pela cheia do Rio Tarauacá e Murú. O parlamentar aderiu, em nome da ALEAC, a campanha S.O.S Tarauacá, promovida pela a Prefeitura de Tarauacá para arrecadar donativos aos desabrigados.

Com informações da 
ASSECOM TARAUACÁ

Doutor Jenilson entrega donativos aos desabrigados da enchente de Tarauacá

Foi necessário um caminhão para transportar os donativos arrecadados em Rio Branco durante campanha de solidariedade que o deputado Dr. Jenilson Leite organizou em benefício dos moradores do município de Tarauacá atingido pela a maior enchente da história de Tarauacá. Durante toda a semana, Dr. Jenilson e a sua equipe política percorreram as ruas de Rio Branco com um carro de som e solicitaram ajuda da população para os flagelados. Nesta sexta-feira, 21 à tarde, Dr. Jenilson entregou as doações estimadas em 1 tonelada de alimentos, além de roupas, colchões e brinquedos, na Secretaria Municipal de Promoção Social, nas mãos do prefeito Rodrigo Damasceno, do vice Chagas Batista e do presidente da câmara, Manoel Monteiro.

As doações que lotaram uma das salas da Secretaria de Promoção Social foram conduzidas de caminhão da capital Acriana até a cidade de Tarauacá. "É gratificante poder ajudar o povo de minha cidade, neste momento delicado. Com a ajuda de todos, tenho certeza que os moradores vão superar as dificuldades"”, afirmou Jenilson.

Assecom Tarauacá

DOUTOR JENILSON NEM ASSUMIU O MANDATO E JÁ CHAMA ATENÇÃO

Dr. Jenilson, uma revelação que apareceu no time principal da política e já chama muita atenção pela capacidade de articulação para servir as pessoas.
Jenilson pode ser comparado com aquele jogador da categoria de base que desde cedo, demonstra aplicação e ousadia, sabendo onde quer chegar. Na hora que é chamado para o time principal, entra em campo como “gente grande" e surpreende e vira titular.
Atendo aos problemas vivenciados pela população de Tarauacá, o futuro deputado, foi o primeiro a lançar uma campanha de solidariedade ao de sua terra, vitima da enchente. Nesta sexta feira, Jenilson chegou em Tarauacá com caminhão com mais de 4 toneladas de alimentos e donativos para a população e entregou a secretaria de assistência social do município.
Dr. Jenilson é hoje uma ótima revelação e uma das grandes esperanças da boa política de Tarauacá e do estado do Acre.

Por Leandro Matthaus (Fotos: Jardy Lopes)

JORDÃO SOLIDÁRIO: Agentes de polícia enviam alimentos para as vítimas da enchente em Tarauacá


Muito bonita a iniciativa dos agentes de polícia, com apoio dos comerciantes de Jordão, em arrecadarem alimentos para as vítimas da enchente em Tarauacá.
Fonte: Blog do Accioly

18 de novembro de 2014

Governador leva apoio e solidariedade ao povo de Tarauacá


O governador Tião Viana embarcou com urgência a Tarauacá na manhã desta segunda-feira, 17, para prestar apoio ao município que está vivendo a maior cheia do Rio Tarauacá em sua história, com a última medição feia pela Agência Nacional de Águas (ANA) apontando 11,94 metros. As famílias atingidas estão sendo removidas para a creche da cidade e o Corpo de Bombeiros informou que até o momento estão no abrigo 22 famílias, totalizando 166 pessoas.

O governo do Estado está mobilizando várias equipes das áreas de saúde, direitos humanos, assistência social e da Defesa Civil para atuar de forma conjunta com a prefeitura e amenizar os danos causados pela cheia. O apoio às comunidades isoladas e às aldeias será prestado pela equipe do helicóptero João Donato. Tarauacá nunca havia registrado uma cheia tão grande de seu principal rio ainda em novembro. Nove bairros da cidade foram atingidos.

Observando a situação de perto, o governador Tião Viana ressaltou que: “Estamos diante de um drama em Tarauacá. O governo presta toda a solidariedade e já estou comunicando a situação para que certamente a presidente Dilma também declare todo o apoio possível. Mais de quatro mil pessoas estão envolvidas nesta situação difícil que exige a força e solidariedade do município, governo e União. E nós vamos fazer isso”.

Os bairros mais afetados são Praia, Triângulo, Corcovado, Bairro Novo, Centro e Bairro das Flores. Esta é a sexta alagação deste ano em Tarauacá. Segundo a ANA, o rio tem oscilado muito, mas continua aumentando o nível de suas águas. No domingo a marca era de 11,75m. A cota de transbordamento é de 9,50m.

Representantes do Corpo de Bombeiros e da Defesa Civil Estadual compõem a equipe que trabalha de forma conjunta com a prefeitura. Rodrigo Damasceno, prefeito de Tarauacá, conta que: “Desde o primeiro momento tivemos o apoio do governo do estado, que mandou uma equipe para nos ajudar, e agora o governador Tião Viana vem pessoalmente olhar a situação dramática em que está a nossa população. Estamos todos unidos para amenizar o sofrimento do povo da nossa cidade”.

Fornecimento de água

O Depasa está abastecendo a cidade de Tarauacá com quatro caminhões. A equipe do Deracre em Feijó vai ceder um caminhão pipa ao Depasa para ajudar no fornecimento de água. Cinquenta pessoas estão trabalhando nessa operação, sendo a maiorias voluntários.
No restante da cidade, aonde não está alagado, o abastecimento via rede de distribuição de água segue normalmente. Os bairros mais afetados são Praia, Triângulo, Corcovado, Bairro Novo, Centro e Bairro das Flores. Mais 20 canoas alugadas pela Prefeitura de Tarauacá, com caixas de 500 litros cada uma, dão prosseguimento nessa missão de abastecer as áreas onde a rede está alagada.
Por Samuel Bryan
Agência de Notícias do Acre

16 de novembro de 2014

No Acre, Rio Tarauacá transborda e desabriga ao menos 20 famílias

Rio Tarauacá atingiu a cota de 11,50 metros neste sábado (15)
(Foto: Jardy Lopes/Prefeitura de Tarauacá)
Com a marca de 11,50 metros neste sábado, o Rio Tarauacá está 2,50 metros acima da cota de transbordamento, 9 metros. Segundo dados da Defesa Civil Estadual, na manhã desta sexta-feira (14) o nível do rio era de 7,68 metros, ou seja, em um dia, o nível subiu quase 4 metros. De acordo com a Prefeitura de Tarauacá ao menos 20 famílias ejá foram atingidas com a enchente fora de época.

As famílias atingidas estão sendo removidas para a creche da cidade, segundo informou o prefeito do município, Rodrigo Damasceno. Uma reunião foi realizada entre prefeitura, Corpo de Bombeiros e secretarias municipais, na manhã deste sábado (15), para definir formas de atender as famílias desabrigadas. "Uma equipe da Secretaria Municipal de Ação Social está providenciando alimentação e água para os desabrigados", disse

O prefeito de Tarauacá informou ainda que a enchente é atípica nesta época do ano. "Esse período não tem enchente, geralmente é em janeiro, fevereiro e março. É uma enchente fora de época que acometeu várias localidades aqui em Tarauacá", diz.

Segundo Damasceno, a enchente atingiu também a aldeia Nova Esperança, localizada na Terra Indígena do Rio Gregório, onde ocorre o tradicional Festival Yawa. "Um rio afluente do Tarauacá transbordou, estamos mandando uma equipe lá para verificar a situação", afirma o prefeito.

A Defesa Civil Estadual está prestando assistência ao município. Segundo o coordenador do órgão, Carlos Gundim, a elevação do rio é em decorrência das fortes chuvas que ocorreram na região. "È inédito o rio transbordar em novembro. A calha de Tarauacá é muito rasa, então, ela enche e vaza rápido. Isso foi uma quantidade de chuva elevada que caiu nos últimos dois dias na cidade", explica.

Veriana Ribeiro
Do G1 AC

15 de novembro de 2014

Creche de Jordão é a única do interior do Acre a oferecer atendimento em tempo integral

AMAC afirma que Jordão e Rio Branco são os únicos municípios acrianos a oferecer o atendimento em tempo integral.
Jordão é o único município do interior do Acre a dispor de uma unidade de educação infantil que oferece atendimentos em três turnos. As crianças frequentam a unidade nos períodos matutino, vespertino e noturno.
Segundo a Associação dos Municípios do Acre (AMAC), Jordão e Rio Branco são os únicos municípios acrianos a oferecer o atendimento educacional infantil, na modalidade creche escolar, em tempo integral. Os demais municípios têm a previsão de implementação do serviço para 2015.

Crianças recebem quatro refeições diárias (Foto: Kezio Araújo/ Assecom Jordão)
Devido ao extenso período de dezesseis horas diárias e ininterruptas de funcionamento – o prédio abre suas portas às 06h e fecha às 22h – a Creche Municipal Criança Feliz mantém uma equipe de 42 (quarenta e dois) servidores que revezam as atividades para atender com qualidade quase 200 (duzentas) crianças, de 0 a 3 anos de idade.
O principal objetivo da unidade de ensino é proporcionar aos pequenos jordanenses o fortalecimento dos vínculos sociais e introdução às normas educacionais e de convivência.
Gestora ressalta dificuldades em desenvolver o trabalho, mas afirma que o resultado é satisfatório (Foto: Kezio Araújo/ Assecom Jordão)
Ronalda Saraiva, gestora da Creche Criança Feliz acredita que a oferta é uma forma de auxiliar as mães, que necessitam trabalhar e não tem com quem deixar seus filhos. “É na creche que elas encontram esse apoio. Temos dificuldades em desenvolver esse trabalho por ser uma rotina muito cansativa, mas o sorriso das crianças nos recompensa”.
Meire Sérgio, secretária municipal de educação fala da importância em oferecer o serviço à comunidade (Foto: Kezio Araújo/ Assecom Jordão)
“Manter a creche de Jordão funcionando em período integral é uma tarefa que exige muito carinho e dedicação das pessoas que trabalham diretamente com as crianças e a secretaria de educação vem dando toda a assistência possível para que esse trabalho continue dando certo”, destacou a secretária.
Elson Farias destaca a importância de dar continuidade ao trabalho iniciado na gestão anterior (Foto: Kezio Araújo/ Assecom Jordão)
“Como gestor público é uma alegria oferecer um serviço de qualidade para a população do nosso município. Temos o compromisso de procurar fazer sempre o melhor e aos poucos esse objetivo vem sendo alcançado”, concluiu o prefeito.
Creche municipal da comunidade Novo Porto atende 26 crianças (Foto: Kezio Araújo/ Assecom Jordão)
Os esforços da atual gestão para manter atendimentos de qualidade na educação infantil dos pequenos jordanenses não se resumem apenas na área urbana e se estendem às comunidade rurais do município. A prefeitura mantém uma segunda unidade de educação infantil na comunidade Novo Porto, Rio Murú.
Localizada no meio da floresta, a aproximadamente 42 km de distância da cidade, a Creche Municipal Virgínia Rodrigues de Araújo atende 26 crianças da comunidade Novo Porto.
Fonte: Assecom Jordão

14 de novembro de 2014

REGISTRO: NIVER DO IGOR MENEZES

Meu filho, hoje é um dia lindo, é o seu aniversário!
Há alguns anos atrás, num dia igual a este e que me parece tão próximo, recebi você nos meus braços. Pequeno e indefeso, calado, dormia à noite toda. Foi um dia de grande alegria.
Desejo, filho, que seus caminhos sejam sempre percorridos sem quedas, sem desatinos. Que o sucesso esteja sempre na luz que lhe ilumina. Que seus objetivos, sejam eles profissionais ou afetivos, sempre se realizem com a proteção de Deus.
Que o mundo lhe sorria com sua benevolência, que seus amigos sejam sempre os melhores amigos, lhe amparando e lhe recebendo todas as vezes que precisar deles. Que os ramos da árvore da vida que você plantar agora, produza frutos saborosos e dos quais você se orgulhe de ter plantado.
Amamos muito você e lhe desejamos tudo de melhor que a vida possa dar. Que Deus esteja sempre em seu caminho.
Beijos da mamãe [Meire Sérgio] e de toda sua família!

NO GABINETE: Prefeito Elson Farias recebe profissionais de acompanhamento e monitoramento do Programa Mais Médicos

Kezio Araújo e Tacilene Jorge da Assessoria de Comunicação da prefeitura de Jordão
O prefeito Elson Farias recebeu em seu gabinete, na tarde desta quinta-feira (13), a equipe técnica de acompanhamento e monitoramento do Programa Mais Médicos para o Brasil.
Os profissionais da Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS) e Ministério da Saúde (MS) têm como principal atribuição apoiar tecnicamente e ajudar na coordenação do Programa Mais Médicos. Trabalham de maneira conjunta com equipe de gestão do Programa Mais Médicos e com autoridades federais, estaduais e municipais.
Saiba mais aqui

13 de novembro de 2014

JORDÃO: CADÊ A FACULDADE?

Por Vagner Souza, do blog http://jordaoac.blogspot.com.br/
Não é de hoje que o Município de Jordão, no interior do Acre, é retratado por alguns meios de comunicação como um dos piores lugares pra se viver, por alguns pontos relatados pode-se até considerar verdade, mas por outro, é uma tremenda falta de verdade e meras detratações dos governantes que ha mais de 20 anos governam o Acre e o belo município de Jordão.
No Jordão, muito se melhorou nos últimos anos nas aéreas de infra-estrutura urbana, segurança, saúde e até mesmo nos indicadores da educação, contudo, a juventude jordanense a cada dia fica sem ter a quem recorrer por uma vaga de emprego ou por uma possibilidade de ensino superior, o governo até abre cursos na área técnica, mas forma-se alguns e mercado de trabalho que é bom, nada.
Faculdade quando se abre alguma vaga são para professores inscritos no senso escolar, enquanto a juventude que luta por uma vaga só leva não. A ultima vez que se formaram alguns por meio de ampla concorrência em cursos superiores foi a mais de 6 anos, quando a UFAC abriu vagas nas áreas de biologia, letras e matemática.
A comunidade organizada, a juventude, estudantes e a população como um todo já lutou, PEDIU, ENTREGOU REQUERIMENTOS NAS MÃOS DO PRÓPRIO GOVERNADOR, E ATÉ AGORA NADA. E AÍ COMO É QUE FICAMOS? Esquecidos mais uma vez?

Senhores deputados federais e estaduais, senadores, governador, JORDÃO CLAMA POR FACULDADE, POR CURSOS SUPERIORES QUE ATENDAM À TODOS.