7 de julho de 2015

JORDÃO: Governo municipal recebe repasse para construção de quadra sintética

 Prefeito Elson Farias assinou o contrato de repasse para construção da quadra sintética (Foto: Assecom Jordão)
Na última segunda-feira, 06, o prefeito de Jordão, Elson Farias (PCdoB), assinou o contrato de repasse nº 805.041/2014 que entre si celebram a União Federal, por intermédio do Ministério do Esporte, representado pela Caixa Econômica Federal, e o município de Jordão – AC, objetivando a execução de ações relativas ao ME esporte educacional, recreativo e de lazer.
“Este repasse foi uma solicitação da prefeitura de Jordão ao Senador da República Sergio Petecão (PSD), que viabilizou a emenda parlamentar sendo liberado agora o tocante no valor R$ 292.800,00 (duzentos e noventa e dois mil e oitocentos reais), para construção de uma quadra de grama sintética no município. Na próxima semana chegará ao município um técnico da Caixa Econômica Federal que vai fazer uma fiscalização no local para depois disso estarmos licitando a obra para construção”. Ressaltou Marcelo Gleyson, técnico da SEPLAN.

Assecom Jordão

JORDÃO: Secretaria de Agricultura oferece assistência técnica a produtores rurais

A Secretaria de Agricultura do município de Jordão (Ac) está oferecendo assistência técnica nas propriedades da zona rural do município. A ação contempla dezenas de produtores que vinham na secretaria de agricultura e relatavam dificuldades em concretizar os seus projetos de plantio e criação.
O técnico em agropecuária, Neto Farias, realizou visitas no ramal do muru e identificou vários produtores com dúvidas semelhantes: Como, quando e onde plantar?
O técnico realizou o plantio de algumas mudas frutíferas que os produtores tinham em viveiros e tirou todas as dúvidas sobre espaçamento, preparo das covas para transplante das mudas, entre outras dúvidas que foram surgindo.

JORDÃO: Com três meses de salários em atraso, terceirizados ameaçam paralisar atividades

Terceirizados ameaçam deflagrar greve e paralisar as atividades (Foto: reprodução/ google)
Há mais de três meses com os salários em atraso os agentes de portaria, servidores cooperados que prestam serviços à empresa Empreendimentos Teixeira, nas unidades de ensino do estado, no município Jordão, localizado no interior do Acre, estão prestes a deflagrar greve e paralisar as atividades.
“O último pagamento que recebemos foi referente ao mês de março deste ano. Estamos com três meses de salário atrasado e não temos como honrar nossos compromissos”, revelou um dos terceirizados da empresa, que pediu para não ser identificado por medo de represálias.
Nossa redação entrou em contato com a empresa, pelo fone 3224-**76, e falou com uma atendente que se identificou como Nívea. Nivea afirmou que não tinha autorização para prestar esclarecimentos e que o gerente havia se ausentado da empresa, sem previsão de retorno.
Até o fechamento da reportagem ninguém da Empreendimentos Teixeira se manifestou sobre o caso.
Kezio Araújo, Blog Fala Jordão

6 de julho de 2015

Deputado Jesus Sérgio cumpre agenda em Tarauacá

O deputado estadual Jesus Sérgio (PDT), juntamente com o prefeito Rodrigo Damasceno e sua equipe, participou na sexta-feira, 03, de uma reunião, de planejamento para o trânsito de Tarauacá com a diretora de operações do Departamento Estadual de Trânsito (DETRAN), Shirley Torres, a fim de planejar ações, em parceria com a prefeitura, com o intuito de promover melhorias no trânsito do município. Na reunião foi apresentado um levantamento das necessidades de realizar sinalizações e revitalização nas principais vias do município. Após os trabalhos de sinalização de ruas e avenidas será a vez das campanhas educativas, a fim de conscientizar a população quanto aos cuidados que devem ser adotados no trânsito.
À noite Jesus Sérgio participou da audiência pública que tratou sobre o alto índice de violência em Tarauacá. O evento contou com a participação de autoridades do município e a ampla participação da população, que pode contribuir dando sugestões para se enfrentar o problema da violência na cidade. Ao final do encontro, foi decidido pela criação de um Conselho Permanente de Segurança composto por representantes dos poderes público, forças de segurança e sociedade.
Na manhã do sábado, 04, Jesus Sérgio participou de uma reunião realizada na Câmara de Vereadores com o diretor presidente do DERACRE Cristovam Pontes Moura para tratar sobre os trabalhos de abertura de ramais, onde foi decidido pela realização de um planejamento das ações e um cronograma de início dos trabalhos. Jesus Sérgio destaca que uma comissão irá a partir da segunda quinzena de julho dar início às obras de melhoramento.
Na reinauguração do Estádio Naborzão ocorrido no final da tarde do sábado, 04, Jesus Sérgio participou do evento que contou com a participação da população que há cinco anos esperavam pela reinauguração do espaço, momento que só foi possível com a união das forças entre poder público estadual, municipal, assembleia legislativa, câmara de vereadores e comunidade em geral. Na reabertura do estádio foram realizadas três partidas comemorativas. Além das partidas foram realizadas homenagens aos atletas que já abrilhantaram a liga desportiva tarauacaense e ainda atividades culturais.
Fotos: Assessoria e Jardy Lopes

Polícia prende assassino do ex-prefeito de Porto Acre, João Asfury

Depois de um minucioso trabalho de investigação, a polícia prendeu no domingo (5), Francisco Ralysson Santana da Silva, de 22 anos. De acordo com informações da policiais, ele confessou o assassino ex-prefeito de Porto Acre, João Asfury, que foi decapitado em frente à casa onde morava.
Segundo o delegado Carlos Bayma, o acusado matou por dinheiro. Bayma informa que Francisco Ralysson, deu uma gravata na vítima e três terçadadas no pescoço, quando João Asfury tentou se defender das agressões. Restos de pele foram encontrados nas unhas da vítima.
Francisco Ralysson apresentava vários arranhões pelo corpo. Ele confessou ser o autor do assassinato, durante interrogatório. Na manhã de segunda-feira (6), os detalhes do crime e da investigação que chegaram ao assassino serão apresentados numa entrevista coletiva.

Do ac24horas

TARAUACÁ: Após 6 anos fechado, estádio Naborzão, finalmente é reaberto

Público na reabertura do Estádio Naborzão (foto: Jardy Lopes)
Na tarde deste sábado, 4 de julho e na presença de milhares de torcedores, autoridades do município e da esfera estadual, imprensa e atletas, a cidade de Tarauacá viu o renascimento de sua principal praça esportiva, o Estádio Naborzão, reaberto ao público após cinco anos fechado para uma interminável e polêmica reforma.
A reabertura do estádio só foi possível nesta data graças ao empenho e intervenção firmes da administração municipal, que buscou apoio no Governo Estadual, Assembléia Legislativa, Câmara Municipal e desportistas locais, chamou pra si a responsabilidade, enquanto todos tentavam tirar um "capital" político do problema.

Bola rolou depois de 6 anos no Naborzão (foto: Jardy Lopes)
Três partidas comemorativas marcaram a reabertura do estádio. No primeiro, empate de 0 x 0, no jogo Jogadores veteranos de Tarauacá enfrentaram os veteranos do time do Rio Branco. Na segunda partida, também 0x0, no jogo entre Assembléia Legislativa contra um combinado da prefeitura e câmara de vereadores. No jogo de fundo, a seleção de Feijó venceu Tarauacá pelo placar de 3x2. Antes das partidas, aconteceram homenagens aos atletas do passado, solenidade de hasteamento das bandeiras, canto dos hinos acreano e tarauacaense pelo coral da assembléia legislativa, queima de fogos e dança.
O prefeito Rodrigo comandou todas as atividades juntamente com o vice Chagas Batista e o Secretário de Esportes João Maciel
Blog do Accioly

2 de julho de 2015

BRASIL: Câmara aprova em 1º turno nova proposta para reduzir maioridade

A aprovação se deu com 323 votos favoráveis, 155 contrários e 2 abstenções (Foto: Reprodução/ Google).
Após polêmica sobre a validade da votação e com as galerias do plenário vazias, a Câmara dos Deputados aprovou na madrugada desta quinta-feira (2) proposta de emenda à Constituição (PEC) que reduz de 18 para 16 anos a maioridade penal para crimes hediondos, homicídio doloso, e lesão corporal seguida de morte. O texto ainda precisa ser votado em segundo turno antes de seguir para o Senado.
A aprovação se deu com 323 votos favoráveis, 155 contrários e 2 abstenções. Eram necessários ao menos 308 votos a favor para a matéria seguir tramitando. De acordo com o presidente da Câmara,Eduardo Cunha (PMDB-RJ), a votação em segundo turno deverá ocorrer após o recesso parlamentar de julho, já que é preciso cumprir prazo de cinco sessões antes da próxima votação.
Pelo texto, os jovens de 16 e 17 anos terão que cumprir a pena em estabelecimento penal separado dos menores de 16 e maiores de 18. Ao final da votação, deputados seguraram cartazes na tribuna em defesa da proposta e comemoraram com gritos em plenário (veja vídeo acima).
A aprovação da proposta ocorre depois de a Casa derrubar, na madrugada de quarta-feira, texto semelhante, que estabelecia a redução casos de crimes cometidos com violência ou grave ameaça, crimes hediondos (como estupro), homicídio doloso, lesão corporal grave ou lesão corporal seguida de morte, tráfico de drogas e roubo qualificado.
Após a rejeição na noite anterior, Cunha afirmou que a Casa ainda teria que votar o texto principal, mas ressaltou que isso só ocorreria após o recesso parlamentar de julho. No entanto, após reunião com parlamentares favoráveis à redução da maioridade penal, ele decidiu retomar a análise do tema nesta quarta (1º) para apreciar um texto parecido com a proposta rejeitada.

Jovens da União Nacional dos Estudantes (UNE) e da União Nacional dos Estudantes Secundaristas (UNBES) não esperavam a retomada da votação e, por isso, não conseguiram fazer protestos como os mobilizados na noite anterior.

Cunha também não permitiu a entrada dos poucos estudantes que foram à Câmara para defender a derrubada da proposta, alegando que os manifestantes fizeram tumulto na noite anterior. A decisão do presidente da Câmara de votar um texto semelhante ao derrotado de madrugada também gerou bate-boca e questionamentos por parte de deputados contrários ao texto, mas o peemedebista conseguiu prosseguir com a votação.
Durante a sessão, deputados do PT, do PSOL e do PCdoB defenderam a derrubada da PEC. O governo defende alterar o Estatuto da Criança e do Adolescente e ampliar o tempo máximo de internação de 3 para 8 anos.
“Todos nós queremos resolver a questão da violência, da criminalidade, queremos evitar que crimes bárbaros terminem. Mas precisamos, de forma madura e responsável, encontrar qual a alternativa real para resolver o problema. E a alternativa real é alterarmos o Estatuto da Criança e do Adolescente. Os efeitos colaterais dessa redução da maioridade penal são maiores que os alegados benefícios”, disse o deputado Henrique Fontana (PT-RS).
O líder do governo, deputado José Guimarães (PT-CE), também discursou contra a proposta. “Não queremos jovem infrator na rua, mas queremos lugares decentes para que eles sejam punidos. Mas não dá para misturar os jovens com bandidos de alta periculosidade. O que está em jogo é o futuro dessas gerações. É um retrocesso se aprovarmos essas emendas”, afirmou.
Já parlamentares favoráveis à redução da maioridade penal argumentaram que a PEC não soluciona o problema da violência, mas reduz o sentimento de “impunidade”. "Nós sabemos que a redução da maioridade penal não é a solução, mas ela vai pelo menos impor limites. Não podemos permitir que pessoas de bem, que pagam impostos, sejam vítimas desses marginais disfarçados de menores", discursou o líder do PSC, André Moura (SE).
O líder do PMDB, Leonardo Picciani (RJ), um dos articuladores da votação nesta quarta, também defendeu a redução da maioridade penal. "O PMDB afrma a sua posição de maioria pela redução da maioridade penal, nos crimes especificados. Achamos que a proposta é equilibrada, ela é restrita", disse. “A sociedade não aceita mais a impunidade e não deseja mais sentir o medo, o pavor e o receio que vem sentido no dia a dia.”
Emenda apresentada na quarta
A proposta derrubada nesta quarta é produto de uma emenda aglutinativa – texto produzido a partir de trechos de propostas de emenda à Constituição apensadas ao texto que está na pauta do plenário.
Essa emenda foi elaborada pela manhã por deputados do PSDB, PHS, PSD e PSC, e protocolada na Secretaria-Geral da Mesa. No plenário, deputados do PT, do PDT e do PCdoB alegaram que a elaboração de uma proposta com teor muito semelhante ao texto derrubado contraria o regimento. Argumentaram ainda que, para ser votada, a emenda teria que ter sido elaborada e apensada antes da votação ocorrida durante a madrugada.
Cunha rebateu os argumentos citando o artigo 191, inciso V, do regimento interno da Câmara. Conforme esse trecho, na hipótese de rejeição do substitutivo (texto apresentado pelo relator da proposta, como é o caso), “a proposição inicial será votada por último, depois das emendas que lhe tenham sido apresentadas”.
Segundo o peemedebista, como o texto original ainda não havia sido votado, é permitida a apresentação de novas emendas aglutinativas com base nas propostas apensadas a essa redação.
Os parlamentares continuaram a protestar e Cunha chegou a bater boca com eles. “Quando o senhor é chamado de autoritário, o senhor se chateia”, protestou o deputado Glauber Braga (PSB-RJ). Cunha rebateu: “Ninguém vai vencer aqui no berro”.
“Não imagine que o senhor vai nos escravizar, porque não vai. Não imagine que todos os parlamentares vão abaixar a cabeça”, emendou Braga. O deputado Weverton Rocha (PDT-MA) acusou Cunha de “aplicar um golpe”. A deputada Erika Kokay (PT-DF) chamou o presidente da Câmara de Luiz XIV, em referência ao rei francês absolutista, e disse que ele tentava sobrepor a sua vontade a dos parlamentares.
José Guimarães (PT-CE), fez um apelo para que a votação fosse suspensa e a Câmara discutisse como alternativa um projeto de lei que tramita no Senado ampliando de 3 para 10 anos o período máximo de internação de jovens infratores.
Segundo ele, “uma discussão tão importante como essa” não poderia ser tratada “com tamanho radicalismo”. Guimarães argumentou ainda que a aprovação da emenda poderia trazer “sequelas”.
“Reverter [a posição] de ontem para hoje é o melhor caminho? Claro que não, porque pode deixar sequelas”, disse sobre o impacto da redução. No entanto, Cunha não cedeu e continuou a sessão. Os parlamentares contrários à redução da maioridade decidiram, então, obstruir a sessão, utilizando-se de manobras previstas no regimento para postergar ao máximo a votação.
G1

1 de julho de 2015

JORDÃO: "Por que não houve sessão na câmara de vereadores?", questiona blogueiro

Nesta terça-feira, 30 de junho de 2015, aconteceria mais uma Sessão Ordinária na Câmara Municipal de Jordão, mas, não aconteceu e os motivos até agora são desconhecidos. Até domingo a tarde estava tudo certo que teria sessão, mas não houve.
PORQUE NÃO TEVE? Vereadores viajando? Vereadores no município e não compareceram à sessão? O povo pede explicação
João Brás, Blog Jordão Agora

Julho promete ser o mês mais frio do inverno acreano, diz Friale

Davi Friale (Foto: Altino Machado)
Segundo o pesquisador e guro meteorológico, Davi Friale, o mês de julho promete ser o mês com a menor média de temperatura no Acre. De acordo com dados do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) a temperatura média das mínimas é de 18,5ºC, em Rio Branco, para o mês de julho, sendo que já foram registrada a minima histórica de 6,4ºC, no dia 13 de julho de 1984.
Segundo análise do pesquisador, o mês de julho deverá registrar temperaturas abaixo da média, principalmente, nas regiões de Rio Branco e Brasileia.
Nesta primeira semana do mês, uma onda moderada de frio atingirá o estado, provocando chuvas na maioria dos municípios. Antes do dia 15, outra onda de frio, mais intenso, deverá despencar a temperatura no leste e no sudeste acreano. Na sequência, uma intensa massa de ar polar, muito seca, deixará os dias bastante secos e ensolarados com as noites frias.
Na segunda quinzena é esperada mais uma massa de ar frio provocando queda acentuada da temperatura.. Acompanhe nossas atualizações, pois todas as confirmações do tempo, na medida do possível, serão pro nós informadas com bastante antecedência.
Ac24Horas

Inscrições do Sisutec seguem até sexta-feira, 3 de julho

As inscrições para o Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec) seguem até sexta-feira (3 de julho). Podem se candidatar estudantes que participaram do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2014 e obtiveram nota superior a 0 na redação.
A divulgação dos resultados, em primeira chamada, está prevista para 7 de julho e a segunda, para o dia 14 do mesmo mês. De acordo com o edital, as aulas dos cursos terão início entre os dias 3 e 31 de agosto deste ano.
Pelo Sisutec, instituições públicas e privadas de ensino superior e de educação profissional e tecnológica oferecem vagas gratuitas em cursos técnicos para participantes do Enem. Têm prioridade no preenchimento das vagas os alunos de escolas públicas e os que estudaram na rede privada, na condição de bolsista integral.
Ao fazer a inscrição, o candidato deve escolher, por ordem de preferência, até duas opções de curso e definir se quer concorrer às vagas da ampla concorrência, àquelas destinadas aos estudantes da rede pública ou bolsistas da rede privada, ou às reservadas para negros, pardos e indígenas.
Ac24Horas

REGISTRO: ANIVERSÁRIO DO PASTOR ABEL XIMENES

Abel Ximenes é vereador do PCdoB (Foto: Kezio Araújo/ Fala Jordão)
Parabéns querido... 
Eu hoje quero te desejar toda felicidade do mundo, e dizer o quanto és amado, como pai, esposo, pastor e por todos que te rodeiam e mais que isso, dizer-lhe o quanto eu me sinto importante por fazer parte da sua vida.
Quero celebrar com você os sonhos, as fantasias. Quero também que todos os seus sonhos se tornem reais e possíveis. Que a sua caminhada seja de muita luz, que o amor seja o adubo de sua vida e que a felicidade reine sempre no seu coração. Que Deus o proteja e abençoe sempre. Que o sorriso e a fraternidade sejam um elo de amor em sua jornada, edificando seus passos e os tornando visíveis e alcançáveis.
Parabéns Abel Ximenes da Silva é o que deseja sua família Vângela, Geovanna e Danilo. Amamos-te. Um forte abraço!

JORDÃO: Governo municipal realiza ação de combate ao trabalho infantil

Crianças participam de várias atividades (Foto: Assessoria SEMAS)
A organização do evento estima que mais de 400 crianças e adolescentes, com idade entre 07 e 17 anos compareceram e prestigiaram as atividades da ação contra o trabalho infantil, realizada na última sexta-feira, 26, no município de Jordão, interior do Acre. A ação foi desenvolvida pela Secretaria Municipal de Assistência Social (SEMAS) e incluiu os grupos de convivência do Centro de Referência de Assistência Social (Cras).
O público presente se envolveu em várias dinâmicas e atividades esportivas, executadas na quadra de areia da praça municipal, no centro da cidade. Os pequenos ainda foram agraciados com a distribuição de brinquedos, refrescos, algodão doce e pipoca.
Enquanto uma equipe da SEMAS desenvolvia dinâmicas para as crianças outro grupo fazia a distribuição de panfletos informativos aos adultos. A ação só foi encerrada à noite, com palestras de conscientização nas escolas do município.
Para a Secretária Municipal de Assistência Social, Aparecida Cunha, o evento foi bastante produtivo. “Conseguimos alcançar nossa meta, atraindo um grande público de crianças e adolescentes para a prática de atividades que fortalecem os vínculos sociais, e ainda, levamos informações à sociedade, buscando conscientizar a todos sobre a importância de erradicar o trabalho infantil em nosso município”, disse.

Kezio Araújo, Blog Fala Jordão